MONTE SEU PACOTE

Monte seu pacote com descontos exclusivos!

1 Curso - Valor normal
2 Cursos - 20% de desconto*
3 Cursos - 40% de desconto*
4 cursos - 60% de desconto*
5 cursos - 80% de desconto*
6 cursos - 100% de desconto*

*O desconto é aplicado sempre ao curso de menor valor dentro do pacote contratado, os demais cursos permanecem com o valor normal.

Cadastre-se abaixo e nós entraremos em contato para montar seu pacote.

ENTRE EM CONTATO

Possui alguma dúvida ou sugestão sobre nosso Centro de Treinamento ou nossos cursos?
Entre em contato, teremos o prazer em respondê-lo o mais breve possível.

DADOS DE CONTATO

Centro Profissional Barra Shopping
Avenida das Américas, 4790 – sala 610
Barra da Tijuca – Rio de Janeiro/RJ
CEP: 22640-102

Tel: (21) 3030-2175
E-mail: contato@axiombr.com

Você provavelmente já ouviu falar na profissão de BIM Manager, mas talvez você não saiba ainda quais são todos os conhecimentos envolvidos na formação de um BIM Manager. É um dos mais altos cargos específicos para BIM. É o profissional que tem aptidão para gerenciar modelos e processos BIM em uma empresa, isso significa que esse profissional precisa conhecer e dominar o uso do BIM em diferentes ferramentas (softwares), quanto mais, melhor.

Analisando nosso mercado atual, percebo que muitas universidades já entenderam a importância do BIM e começaram a ensinar um pouquinho de algum software em sua grade curricular, isso é ótimo, porém ainda insuficiente, uma outra constatação ruim que percebo é que muitos coordenadores de IES (instituição de ensino superior) têm preferência por um software ou fabricante específico, ensinam um pouco dele e não permitem a entrada de outro, muitas vezes até agindo com certa hostilidade quando um palestrante ou professor de outra plataforma tenta apresentar esse tipo de conhecimento aos alunos. Esses coordenadores e professores ainda precisam compreender o BIM como um todo, entendendo que existem atualmente mais de 250 softwares BIM, e só então poderão perceber que a grande beleza de aprender BIM é realmente ter experiências diferentes em diferentes plataformas de diferentes fabricantes, aí quem sabe a faculdade possa iniciar o processo de formar arquitetos e engenheiros que também possam atuar como BIM Managers em seus projetos.

Aproveito essa publicação para sugerir a distribuição de temas relacionados ao BIM em uma grade curricular de arquitetura:

1º Semestre:

A universidade pode adotar o BIM desde o primeiro semestre, algumas no Brasil já o fazem e estão tendo resultados incríveis. Os  alunos poderiam já começar aprendendo a fazer estudos volumétricos complexos em diferentes softwares, como um complemento às maquetes físicas que já fazem e aplicando conceitos de plástica aprendidos em outras disciplinas.
Ao mesmo tempo os alunos de Engenharia Civil poderiam estar integrados a esse processo estudando possíveis soluções estruturais para essas volumetrias, e claro, o melhor de tudo, os alunos de arquitetura e engenharias poderiam já começar a conversar a partir daí.

2º Semestre:

Nesse semestre os alunos podem começar a estudar conforto ambiental e aprender a simular situações climáticas diferentes dentro do seu modelo BIM, podendo utilizar a mesma volumetria do semestre anterior ou uma nova, fazendo estudos computadorizados de análises de insolação e ventos, e modificando sua volumetria em função dos resultados obtidos.

3º Semestre:

Através das volumetrias e análises realizadas, os alunos já podem transformar sua volumetria em um estudo preliminar, aplicando materiais e criando aberturas de acordo com o resultado de suas análises energéticas, já pensando em condutividade térmica e conceitos de iluminação e ventilação natural. Nesse momento acredito que o ideal é estudar ao mesmo tempo pelo menos dois softwares BIM, de modo que nos semestres seguinte o aluno se aprofundará no software que melhor se adaptar.

4º Semestre:

Já com o modelo BIM desenvolvido o aluno pode fazer estudos de acústica, iluminação e ventilação artificial, bem como começar a entender a especificação de materiais do modelo para melhorar o desempenho energético da edificação.

5º Semestre:

Os alunos podem começar a deixar seus modelos BIM em nível de projeto executivo, se aprofundando a partir daqui nos diferentes níveis de LOD (Level of Detail / Nível de Detalhamento), podendo enviar novamente seus projetos para alunos que estudam infraestrutura e engenharias (civil, elétrica, mecânica…). A universidade pode promover aulas em conjunto entre alunos de diferentes cursos de modo que ao longo do semestre seja feita a compatibilização dos projetos.

Mesmo nos processos atuais (sem o BIM) essa interação entre os alunos é fundamental.

Outro fator importante nesse semestre é começar a colocar os alunos em equipes e sortear um gestor para as equipes, permitir a formação de outras equipes em outros semestres, de modo que todos os alunos tenham a experiência de liderar e gerir uma equipe ao longo de sua graduação. Ou seja, se esse processo vai começar aqui, e temos outros 5 semestres pela frente, a equipe de trabalho pode ter 5 integrantes, de modo que em cada semestre um deles fique a frente da gestão.

6º Semestre:

Paralelamente enquanto aprimoram ainda mais seu detalhamento dentro do processo BIM os alunos poderiam ter introduções ao AutoCAD e SketchUp (muito utilizados no mercado e que em minha opinião não devem ser deixados de lado).

7º Semestre:

Já bem perto de sair para o mercado de trabalho, nesse momento é importante que o aluno comece a conhecer processos de compatibilização e gerenciamento de modelos BIM através de softwares específicos para essa função e sempre integrado com as engenharias, esse trabalho é conjunto na vida real e precisa ser conjunto na universidade.

8º Semestre:

Nesse semestre o aluno pode começar a aplicar conhecimentos de orçamentação dentro do processo BIM para gerar relatórios e quantitativos detalhados do seu projeto, bem como aprender a desenvolver o cronograma de execução de obra. Conhecimentos imprescindíveis no mercado de trabalho.

9º Semestre:

Nesse semestre é interessante que o aluno conheça as mais diversas aplicações do BIM,  dentre muitas, ressalto a importância de conhecer a aplicação do BIM a edificações sustentáveis e a modelagem paramétrica, que permite ampliar ainda mais as possibilidades de trabalho nos mais variados softwares BIM.

10º Semestre:

Trabalho Final de Graduação

Considero importante ressaltar que a distribuição das atribuições ao longo dos semestres acima descrita é apenas um exemplo, coordenadores e professores podem adaptar livremente os conteúdos aqui apresentados à sua necessidade e de acordo com sua grade curricular. Porém, a possibilidade de ter muitas universidades trabalhando com essa metodologia, permite também o trabalho colaborativo entre diferentes instituições no mundo, mesmo que de diferentes idiomas, de modo que os alunos possam não apenas compreender esse processo quando feito à distância, como também poderão conhecer e estar em contato com diferentes culturas de projeto.

Além disso, esse tipo de padronização permitiria a realização com muita qualidade de concursos focados em BIM entre estudantes de todo o mundo, já que cada vez mais existiria um nivelamento.

Por fim, me coloco à disposição de qualquer profissional no mercado que queira conversar sobre a aplicabilidade desse processo em IES.

Autor do texto:

Erick Mark

21 99828-8906 (Whatsapp)

erick@axiombr.com

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2018 Axiom - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Igo Rodrigues - Web Designer

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?